Arquivo mensal: março 2014

Jovens são-joaoenses se destacam na 1ª Copa de Karatê da Cidade de Caetés

ARTES MARCIAIS

medalha-interior-informa

Foi promovida neste domingo (30) a primeira Copa de Karatê da Cidade de Caetés, uma iniciativa da “Associação Silvestre de Karatê” em parceria com a Prefeitura da cidade.

O evento contou com a participação de atletas de várias cidades da região e teve entre seus medalhistas dois jovens da cidade de São João. Jackson Moura e Ygor Ferreira, que já vêm se destacando em campeonatos regionais e até mesmo nacionais, acresceram mais este às suas lista de vitórias.

Jackson Moura e Ygor Ferreira

Jackson Moura e Ygor Ferreira

Jackson, que participou na categoria vermelha à laranja, ficou em primeiro lugar em Katá e terceiro em Kumite;
Já Ygor ficou com ouro nas duas modalidades da categoria vermelha à laranja.

Os dois são membros do projeto social “Arte no Tatame”, iniciado pelos irmãos Diego e Igor Carneiro, que já existe há quatro anos no município e vem fazendo a diferença na vida de diversos adolescentes, entre meninos e meninas, que levam à frente esta ação de forma voluntária.

“A arte marcial desenvolve disciplina, saúde e a convivência com o mundo e com seu meio.
A arte marcial é um bem estar para a vida, livra crianças das drogas e desenvolve seu bem estar mental!”, diz Ygor Ferreira, que foi bronze no Campeonato Brasileiro de Karatê 2013 na cidade de Fortaleza-CE, agora ingressa na carreira de modelo.

Blog Interior Informa-interior-informa

Anúncios

Derlon: pé na estrada pelo sertão

derlon2-interior-informa

Quem acompanha o instagram do artista pernambucano Derlon deve estar percebendo que na última semana ele botou o pé na estrada pelo sertão do Ceará, pintando vários muros com a história de vida dos agricultores de algodão do Semiárido brasileiro. Trata-se de uma residência artística, uma imersão do artista em meio ao Sertão Central. O projeto é uma parceria com a marca franco-brasileira de calçados Vert – e vai resultar num big projeto com projeção internacional.

Pelo Sertão, Derlon tem como proposta pintar casa e muros de agricultores que fornecem o algodão. Esse período está sendo registrado pelas lentes do fotógrafo Pablo Saborido, e os registros expostos em maio, no formato de lambe-lambe, no Recife, São Paulo, Rio de Janeiro e Paris. O projeto se chama Ouro Branco e ainda vem com outra surpresa – uma coleção cápsula de tênis e mochilas com estampas criadas pelo grafiteiro (no melhor estilo xilogravura já tão conhecido por nós) disponível tanto no Brasil e no exterior a partir de maio.

Derlon3-interior-informa

O projeto Ouro Branco visa retratar e representar artisticamente a história das 72 famílias algodoeiras do sertão cearense que provém matéria prima para os tênis da marca franco-brasileira. Nos muros das casas, Derlon conta com seus traços característicos as histórias dessas famílias – sua luta pela dignidade, a conquista da terra, as primeiras moradias… E esse universo, retratado depois pelas lentes de Pablo Saborido, tendem a ganhar o mundo com a mostra. Segundo Derlon, “o nome de Ouro Branco evoca, na forma de poesia visual, o valor e a riqueza que o algodão significa na região, além de ser, junto ao preto, um binômio essencial na paleta de cores da minha obra”.

derlon1-interior-informa

Para acompanhar Derlon no sertão cearense, acesse o instagram do artista clicando no link: (http://instagram.com/derlon).
Do Portal Talgit

Blog Interior Informa-interior-informa

A HORA DO PLANETA NO Blog Interior Informa

A HORA DO PLANETA NO Blog Interior Informa

O Interior Informa também aderiu à Hora do Planeta e apagou as luzes.

O ato simbólico de 60 minutos é uma iniciativa da ONG World Wide Fund for Nature (WWF) e quer levar as pessoas de todo o mundo a refletir sobre o aquecimento global.

Mais informações> (http://ne10.uol.com.br/canal/cotidiano/grande-recife/noticia/2014/03/28/hora-do-planeta-convida-todos-a-apagarem-as-luzes-por-60-minutos-479005.php)

 Interior - informa

Blog Interior Informa

Eduardo lança candidatura no dia 14 com Marina de vice, diz Folha de S. Paulo

POLÍTICA

eduardo-e-marina-blog-interior-informa

O governador Eduardo Campos (PSB) deve lançar a sua candidatura presidencial no dia 14 de abril, em Brasília, e já apresentar como vice a ex-senadora Marina Silva (PSB). Ao menos é o que diz reportagem do jornal Folha de S. Paulo deste sábado (29). Outros detalhes como horário e local ainda estariam sendo definidos pelo PSB.

Na próxima sexta-feira (4), Eduardo deve renunciar ao comando do Estado em favor do vice-governador João Lyra Neto (PSB) para se dedicar à campanha presidencial. De acordo com a coluna Painel, entre a renúncia e o lançamento da candidatura, Campos deve passar por um período “sabático”, dedicado à família.

Segundo a Folha, o lançamento da candidatura teria sido confirmado pelo deputado federal Beto Albuquerque, que é líder do PSB na Câmara e um dos articuladores nacionais de Eduardo. A ideia inicial seria que o governador intensificasse a agenda de percorrer o País após o anúncio.

No programa de TV do PSB que foi ao ar na última quinta (27), Eduardo já deu a dica de que a aliança eleitoral ocorrerá entre ele e Marina. “O povo brasileiro já sabe o que quer, ele quer é mudar. Ainda não sabe é que nós estamos juntos para ajudar nessa mudança”, afirmou, em dado momento.

No site Mudando o Brasil, mantido pelo PSB e pela Rede, há um encontro programático regional marcado para ocorrer em Brasília; porém, ao contrário dos demais, sem anúncio de data. As reuniões já ocorreram em Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador, e chegam a Manaus no dia 26.

Do Blog de Jamildo

Blog Interior Informa

Igreja Matriz de São João Batista

Foto: Socorro Lira // Igreja Matriz de São João

Foto: Socorro Lira // Igreja Matriz de São João

Blog Interior Informa

Aquele verão de 80 (Mariana Ianelli)

Mariana Ianelli*

O verão de 80 vai começar de novo. As notícias estão chegando. Os Jogos Olímpicos em Moscou, o massacre de Bolonha, o reino da morte no Irã, a greve dos operários de Gdansk. Todas essas coisas acontecidas estão de novo acontecendo nas crônicas de Marguerite Duras para o jornal Libération. As mulheres e os homossexuais perseguidos pelo fascismo, o Afeganistão destruído, os mil tanques da Rússia na Alemanha oriental, na Tchecoslováquia, na Polônia. Tudo isso acontecendo enquanto, nos balneários de Trouville-Deauville, centenas de famílias esperam pelo sol.

O sol vem. Diante do porto de Antifer, os petroleiros grifam a linha do horizonte. Diante das câmeras, as crianças de Uganda encaram nos olhos quem vem para ver os anjos, esses anjos que Cortázar, uma vez, também viu num álbum de luxo que custava trinta francos. De novo, não há o que dizer, não há como fazer caber numa palavra o que se vê, é supérfluo ter uma opinião, tentar explicar por que existem essas crianças, esses anjos do terror em embrulhos perolados, vogando por terra em suas mínimas jangadas. Na verdade, na verdade é sempre o medo, o mesmo medo, a oriente e ocidente, as mesmas nuvens cinzentas sobre os muros do mundo, não importa quão altos e largos esses muros, são sempre as mesmas nuvens por cima desses muros, como diria um moçambicano, muitos verões depois daquele verão de 80, numa conferência sobre segurança mundial, é sempre o medo, o submundo da indústria do armamento e, nesse submundo, os que têm medo que esse medo um dia acabe.

Em Trouville-Deauville, tudo continua acontecendo. Um menino de olhos cinzentos acaba de voltar sozinho por um caminho de tábuas. De novo vem vindo o sol e só então as outras crianças chegam. Quando se vê, toda a colônia de férias está na praia. A monitora vai ao encontro do menino de olhos cinzentos e o levanta em seus ombros. Numa só figura, vão para o mar, o menino e a monitora. Ele tem seis anos de idade, ela dezoito. É a história de amor mais triste de um verão. A história de um amor que ninguém nem suspeita, um amor sem acontecimentos, entre um menino de uma colônia de férias e sua monitora. Tudo está lá, nas crônicas daquele verão de 80, nas páginas do Libération.

mariana_ianelli_blog_interior_informa
_________
* Mariana Ianelli é escritora, mestre em Literatura e Crítica Literária pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, autora dos livros de poesia Trajetória de antes (1999), Duas chagas (2001), Passagens (2003), Fazer silêncio (2005 – finalista dos prêmios Jabuti e Bravo! Prime de Cultura 2006), Almádena (2007 – finalista do prêmio Jabuti 2008), Treva alvorada(2010) e O amor e depois (2012 – finalista do prêmio Jabuti 2013), todos pela editora Iluminuras. Como ensaísta, é autora de Alberto Pucheu por Mariana Ianelli, da coleção Ciranda da Poesia (ed. UERJ, 2013). Estreou na prosa com o livro de crônicas Breves anotações sobre um tigre (ed. ardotempo, 2013). Na RUBEM, escreve quinzenalmente aos sábados.

Blog Interior Informa

Alcindo Correia solicita iluminação de LED para o Distrito de São Pedro e para Conjunto Residencial em Garanhuns‏

led 1

Através de requerimento apresentado na Câmara Municipal e encaminhado ao Chefe do Poder Executivo, o vereador Alcindo Correia (PROS), solicitou a colocação de iluminação de LED no Distrito de São Pedro e no Conjunto Residencial Manoel Camelo I e II em Garanhuns.

vereador Alcindo Correia (PROS)

vereador Alcindo Correia (PROS)

Segundo o Vereador , o LED vem sendo utilizado pela Prefeitura de Garanhuns desde junho de 2013, e já ganhou a aprovação da população, pois além de ficarem mais seguros, também modernizaram e embelezaram os locais que foram contemplados com esta tecnologia. “Tenho certeza que o Governo Municipal atenderá nosso pedido, e o Distrito de São
Pedro e o Conjunto Manoel Camelo serão contemplados com a Iluminação de LED”. – afirmou Alcindo Correia.

PARA SABER: O LED é um componente eletrônico semicondutor, ou seja, um diodo emissor de luz (light emitter eiode), mesma tecnologia utilizada nos chips dos computadores, que tem a propriedade de transformar energia elétrica em luz.

Blog Interior Informa

Organizadora do “Eu não mereço ser estuprada” recebe ameaças de estupro

Imagem/ Reprodução/ Site UOL

Imagem/ Reprodução/ Site UOL

A jornalista e escritora Nana Queiroz (28) é a responsável pela campanha “Eu não mereço ser estuprada”, que inundou as redes sociais nesta sexta, como uma resposta aos resultados de um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Ele revelou que 65,1% da população concorda total ou parcialmente que “mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas” e 58,5% concordam total ou parcialmente que “se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros”.

A campanha pediu que mulheres fotografassem a si mesmas, da cintura para cima, nuas ou não, reafirmando – com cartazes ou escrito em seu próprio corpo – que não merecem serem estupradas e circulassem as imagens pelas redes sociais com hashtags como #EuNãoMereçoSerEstuprada.

Pedi para Nana um texto sobre os resultados até agora. Se por um lado, há um engajamento crescente e uma vontade de muita gente de não mais aguentar em silêncio, de outro a constatação de que quando se tenta mudar essa realidade, o contra-ataque machista – vindo de homens e mulheres – é aterrador.

Verdadeiras e falsas coragens, por Nana Queiroz

Acordei de uma noite mal dormida e perturbada. Adormeci ao som das notificações de meu Facebook e acordei com elas. Desde que começou o protesto online “Eu Não Mereço Ser Estuprada”, nesta sexta, às 20h, recebi incontáveis ofensas. Homens me escreveram dizendo que me estuprariam se me encontrassem na rua, outros, que eu “preciso mesmo é de um negão de 50 cm” ou “uma bela louça para lavar”. Se ainda duvidava um pouco da verdade por trás da pesquisa do Ipea, segundo a qual 65% dos brasileiros acreditam que mulheres que mostram o corpo merecem ser atacadas, hoje acredito nela totalmente. Senti na pele a fúria revelada pela pesquisa.

Em algum momento hoje, depois que conseguir descansar um pouco, vou à Delegacia da Mulher denunciar as ameaças. Pior: vou delatar um sujeito, Cirilo Pinto, que não só confessou publicamente já ter cometido um estupro, mas afirmou que o faria novamente. Está aí o print screen da página dele, para quem duvidar. Espero que ele seja, ao menos, detido por incitar o estupro.

foto-sakamoto

Centenas de perfis falsos foram criados e nosso evento bombardeado com frases machistas, pesquisas preconceituosas e montagens com fotos do deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) com dizeres ofensivos. Uma imagem dele ilustrou até um evento criado para promover um estupro coletivo. Caro deputado, pense: o senhor se tornou o ídolo de pessoas que defendem o estupro. Não será a hora de pôr a mão na consciência ou no coração?

Por outro lado, estou emocionada com o tamanho que a manifestação ganhou, não só pelo número de adesões, mas pela qualidade das postagens. Um resultado inesperado me comoveu ainda mais: Dezenas e dezenas de homens e mulheres contaram publicamente, muitos pela primeira vez, seus casos de estupro. Quanta coragem!

Alguns me escreveram privadamente para desabafar. Outros publicaram para milhares. Daiara Figueroa, creio eu, fez um dos relatos mais tocantes, contando como superou o trauma do abuso. Em sua foto, vestiu com orgulho um cocar, em homenagem a seu povo indígena.

Quero falar aqui, principalmente, a essas pessoas: vamos exorcizar isso juntos. Vocês nos inspiram, nos movem e comovem. Que o mundo tenha mais pessoas com a coragem legítima de Daiara e menos com a falsa coragem de Cirilo.

Do UOL

Blog Interior Informa

Estação Ferroviária de Angelim/PE em 1905

Estação Ferroviária de Angelim/PE em 1905.   Foto: Facebook/ Pernambuco Arcaico

Estação Ferroviária de Angelim/PE em 1905.
Foto: Facebook/ Pernambuco Arcaico

Blog Interior Informa

BNB vai lançar concurso com vagas em todo o Nordeste

Seleção é para analista bancário, cargo de nível médio com salário inicial de R$ 2.043,36 mais benefícios

OPORTUNIDADE

Imagem// Reprodução

Imagem// Reprodução

O Banco do Nordeste anunciou nesta sexta-feira (28/03) que vai realizar, ainda neste semestre, concurso público voltado para candidatos de nível médio, para 12 vagas de analista bancário, em toda sua área de atuação – Nordeste e área norte de Minas Gerais, além do Espírito Santo.

O salário inicial é de R$ 2.043,36. Os benefícios adicionais são auxílio-refeição (R$ 509,89), auxílio-cesta de alimentação (R$ 397,33), auxílio-creche (R$ 330,71), plano de saúde e plano previdenciário da empresa. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

Entre as atribuições previstas para o cargo está a de atuar em projetos e processos típicos de uma organização de desenvolvimento regional, em termos de concepção, desenvolvimento, implementação, operacionalização e monitoração, nos níveis operacional, tático e estratégico do BNB.

A data prevista para o lançamento do edital é o dia 7 abril. A organizadora é a Fundação Getúlio Vargas. Das 12 vagas, serão duas para o Ceará e uma para cada um dos demais Estados, com o restante dos classificados encaminhados para cadastro de reserva.

CONVOCAÇÃO -Em sua última seleção, realizada em 2010, para cadastro de reserva, o Banco convocou 1.892 aprovados. De acordo com o diretor de Estratégia, Administração e TI da Instituição, Nelson Antônio de Souza, a previsão é que pelo menos mais 500 pessoas serão convocadas até a data de término da validade do concurso, 9 de junho de 2014.

Do Jornal do Commercio

Blog Interior Informa

Viagem: Na Ponta do Lápis

Blog de viagens com dicas de alimentação, hospedagem e roteiro

Interferência Urbana

O cinza e a cor

Criaturas de Ñanderu: Releituras

Espaço para partilha de resultados do trabalho em torno do livro Criaturas de Ñanderu, escrito pela autora indígena Graça Graúna e ilustrado por José Carlos Lollo

Falando em Literatura...

só boa literatura desde 2008

Brasil de Todo Mundo

Apresentando o Brasil para gente de todo o mundo

paisagem de interior

Um Novo Mundo Requer Novos Meios - Blog Interior Informa

Mundo da Robótica

Fazendo a ponte entre a teoria e a prática.

Educação Política

mídia, economia e cultura - por Glauco Cortez

Blog do EVALDO TEIXEIRA

Opinião, Política, Variedades, Religião...

INTERIOR INFORMA

Um novo mundo requer novos meios.

RUBEM

Revista da Crônica - Notícias, entrevistas, resenhas e textos feitos ao rés-do-chão.