Organizadora do “Eu não mereço ser estuprada” recebe ameaças de estupro

Imagem/ Reprodução/ Site UOL
Imagem/ Reprodução/ Site UOL

A jornalista e escritora Nana Queiroz (28) é a responsável pela campanha “Eu não mereço ser estuprada”, que inundou as redes sociais nesta sexta, como uma resposta aos resultados de um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Ele revelou que 65,1% da população concorda total ou parcialmente que “mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas” e 58,5% concordam total ou parcialmente que “se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros”.

A campanha pediu que mulheres fotografassem a si mesmas, da cintura para cima, nuas ou não, reafirmando – com cartazes ou escrito em seu próprio corpo – que não merecem serem estupradas e circulassem as imagens pelas redes sociais com hashtags como #EuNãoMereçoSerEstuprada.

Pedi para Nana um texto sobre os resultados até agora. Se por um lado, há um engajamento crescente e uma vontade de muita gente de não mais aguentar em silêncio, de outro a constatação de que quando se tenta mudar essa realidade, o contra-ataque machista – vindo de homens e mulheres – é aterrador.

Verdadeiras e falsas coragens, por Nana Queiroz

Acordei de uma noite mal dormida e perturbada. Adormeci ao som das notificações de meu Facebook e acordei com elas. Desde que começou o protesto online “Eu Não Mereço Ser Estuprada”, nesta sexta, às 20h, recebi incontáveis ofensas. Homens me escreveram dizendo que me estuprariam se me encontrassem na rua, outros, que eu “preciso mesmo é de um negão de 50 cm” ou “uma bela louça para lavar”. Se ainda duvidava um pouco da verdade por trás da pesquisa do Ipea, segundo a qual 65% dos brasileiros acreditam que mulheres que mostram o corpo merecem ser atacadas, hoje acredito nela totalmente. Senti na pele a fúria revelada pela pesquisa.

Em algum momento hoje, depois que conseguir descansar um pouco, vou à Delegacia da Mulher denunciar as ameaças. Pior: vou delatar um sujeito, Cirilo Pinto, que não só confessou publicamente já ter cometido um estupro, mas afirmou que o faria novamente. Está aí o print screen da página dele, para quem duvidar. Espero que ele seja, ao menos, detido por incitar o estupro.

foto-sakamoto

Centenas de perfis falsos foram criados e nosso evento bombardeado com frases machistas, pesquisas preconceituosas e montagens com fotos do deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) com dizeres ofensivos. Uma imagem dele ilustrou até um evento criado para promover um estupro coletivo. Caro deputado, pense: o senhor se tornou o ídolo de pessoas que defendem o estupro. Não será a hora de pôr a mão na consciência ou no coração?

Por outro lado, estou emocionada com o tamanho que a manifestação ganhou, não só pelo número de adesões, mas pela qualidade das postagens. Um resultado inesperado me comoveu ainda mais: Dezenas e dezenas de homens e mulheres contaram publicamente, muitos pela primeira vez, seus casos de estupro. Quanta coragem!

Alguns me escreveram privadamente para desabafar. Outros publicaram para milhares. Daiara Figueroa, creio eu, fez um dos relatos mais tocantes, contando como superou o trauma do abuso. Em sua foto, vestiu com orgulho um cocar, em homenagem a seu povo indígena.

Quero falar aqui, principalmente, a essas pessoas: vamos exorcizar isso juntos. Vocês nos inspiram, nos movem e comovem. Que o mundo tenha mais pessoas com a coragem legítima de Daiara e menos com a falsa coragem de Cirilo.

Do UOL

Blog Interior Informa

Anúncios

BNB vai lançar concurso com vagas em todo o Nordeste

Seleção é para analista bancário, cargo de nível médio com salário inicial de R$ 2.043,36 mais benefícios

OPORTUNIDADE

Imagem// Reprodução
Imagem// Reprodução

O Banco do Nordeste anunciou nesta sexta-feira (28/03) que vai realizar, ainda neste semestre, concurso público voltado para candidatos de nível médio, para 12 vagas de analista bancário, em toda sua área de atuação – Nordeste e área norte de Minas Gerais, além do Espírito Santo.

O salário inicial é de R$ 2.043,36. Os benefícios adicionais são auxílio-refeição (R$ 509,89), auxílio-cesta de alimentação (R$ 397,33), auxílio-creche (R$ 330,71), plano de saúde e plano previdenciário da empresa. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

Entre as atribuições previstas para o cargo está a de atuar em projetos e processos típicos de uma organização de desenvolvimento regional, em termos de concepção, desenvolvimento, implementação, operacionalização e monitoração, nos níveis operacional, tático e estratégico do BNB.

A data prevista para o lançamento do edital é o dia 7 abril. A organizadora é a Fundação Getúlio Vargas. Das 12 vagas, serão duas para o Ceará e uma para cada um dos demais Estados, com o restante dos classificados encaminhados para cadastro de reserva.

CONVOCAÇÃO -Em sua última seleção, realizada em 2010, para cadastro de reserva, o Banco convocou 1.892 aprovados. De acordo com o diretor de Estratégia, Administração e TI da Instituição, Nelson Antônio de Souza, a previsão é que pelo menos mais 500 pessoas serão convocadas até a data de término da validade do concurso, 9 de junho de 2014.

Do Jornal do Commercio

Blog Interior Informa

Dra Claudomira Andrade realizou palestra sobre Direito da Mulher em São João

PALESTRA// DIREITO DA MULHER

Claudomira Andrade. foto: ProJovem Urbano
Claudomira Andrade. foto: ProJovem Urbano

A coordenação do Projovem Urbano do Agreste Meridional Pernambucano tem realizado em parceria com a advogada Dra. Claudomira Andrade neste mês das mulheres palestras sobre Direito da Mulher (com foco na Lei Maria da Penha), não se restringindo para os estudantes do programa federal, mas toda comunidade escolar e sociedade como um todo, pensando na integração dos mesmos devido à importância do tema.

A abertura do ciclo destas palestras foi realizada em Caetés no dia 11 para os estudantes de Caetés e Capoeiras. Já sendo ministrada em Jupi (13 de março), Palmerina (18 de março), Lajedo (19), Garanhuns (20), Bom Conselho foi realizado na noite da quarta-feira (26), ontem (27) foi a vez de São João a ser contemplado e hoje (28) o fechamento do ciclo será em Águas Belas.

Foto: ProJovem Urbano
Foto: ProJovem Urbano

Compuseram a mesa: a palestrante – Dra Claudomira Andrade; representando a Diretora do pólo Garanhuns do Projovem Urbano, a Coordenação Pedagógica – Ana Paula Freitas; Vice-prefeito – José Costa; Gestora da Escola – Gerlandia Leal; três professores correspondendo ao ensino regular; simbolizando todos os professores do PJU São João – Edjaneide; Secretária da Escola – Cássia; representando a Secretária Municipal de Educação – Joseneuda.

O papel de mestre de cerimônia ficou a cargo de Mary.

Em sua palestra, a advogada Claudomira Andrade, abordou um levantamento histórico sobre o papel da mulher na sociedade e a forma de que ela era vista citando até palavras de filósofos da antiguidade como Aristóteles e São Paulo; apresentando vídeos como um documentário de Maria da Penha Maia Fernandes, que contribuiu para elaboração da lei contra os agressores, mais conhecida como LEI MARIA DA PENHA; e discutindo aspectos da lei citada.

Na palestra realizada na noite na Escola Municipal João de Assis Moreno, além dos estudantes e professores do Projovem Urbano (PJU), também estiveram presente os estudantes do ensino regular.

Do Blog ProJovem Urbano (http://projovemnanet.blogspot.com.br/2014/03/projovem-urbano-realiza-palestra-sobre_28.html?spref=fb)

Blog Interior Informa

BLOG INTERIOR INFORMA; PRODUTO DA TERRA!

interior-informa-Bloginteriorinforma-Blog Interior Informa

Em muito nos orgulha poder fazer parte desses acontecimentos, poder transmitir informação de maneira concisa e direta. Em menos de nove meses de existência, o Blog Interior Informa se transformou no principal canal de informações sobre a cidade de São João na rede. Foram mais de 26 mil acessos, uma média de 2.800 mensais. Uma verdadeira surpresa para nós, que começamos este trabalho sem tanta presunção, apenas querendo difundir informações sobre nosso município, sua cultura, seu povo, seu potencial, e que hoje nos tornamos visionários e fomentadores de opinião.

Queremos agradecer a todos que nos visitam e nos instigam a deixar o blog constantemente atualizado. São vocês os reais autores de nossas matérias, sem os quais de nada serviria esse domínio. Não deixe de comentar. Sua opinião é o que impulsiona nossa busca pela qualidade da informação.

Muito Obrigado a todos os internautas ligados no Interior Informa.

Editores

Contate-nos pelo e-mail
imp.ind.interior@outlook.com

Um Novo Mundo Requer Novos Meios - INTERIOR INFORMA
Um Novo Mundo Requer Novos Meios – INTERIOR INFORMA

Blog Interior Informa

Alunos não sabem nem o básico em Português

Quase 4 em cada 10 estudantes chegaram ao fim do ensino médio na rede estadual no pior nível de proficiência para a disciplina, segundo o Saresp

EDUCAÇÃO

Os níveis de proficiência são organizados a partir da pontuação dos alunos nas provas de Português e Matemática no Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp). São quatro níveis: abaixo do básico, básico, adequado e avançado. A Secretaria de Estado da Educação considera como suficiente o desempenho dos alunos que fiquem entre os níveis básico e avançado. A pasta não informou, no entanto, as médias alcançadas pela rede nas duas provas – não é possível saber se houve piora nas duas avaliações.

A proporção de alunos que ficaram no pior nível de proficiência (abaixo do básico) aumentou tanto no ciclo 2 do fundamental (6.º ao 9.º ano) quanto no médio entre 2013 e 2012. No fundamental, 30% ficaram no patamar, ante 28,5% no ano anterior. São alunos incapazes, por exemplo, de organizar, em sequência, os episódios principais do enredo, em conto e fábula.

Já no ensino médio, 39,6% estão nesse nível mais baixo, ante 34,4% em 2012. Com esse desempenho, um aluno do 3.º ano não consegue, por exemplo, distinguir um fato da opinião sobre esse mesmo fato em um artigo opinativo.

Em Matemática, a proporção de alunos no nível mais baixo caiu nos anos finais do fundamental (de 36,6%, em 2012, para 36,5% em 2013) e no médio (de 55,8% para 55%). Isso significa que esses alunos não conseguem identificar o raio de uma circunferência, por exemplo.

O Idesp é calculado a partir dos resultados do Saresp e do fluxo (reprovação e abandono). Cada escola tem seu próprio índice, a partir do qual é mensurada a taxa da rede. Como o Estado revelou ontem, o ensino médio caiu de 1,91 para 1,83 e o ciclo final do fundamental ficou estagnado em 2,50 entre 2012 e 2013. As metas para 2030 são de 5 e 6, respectivamente.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) comentou ontem o Idesp da rede. “O ensino médio é uma dificuldade no mundo todo”, afirmou ele.

Comemoração. Alckmin comemorou o desempenho da rede nos anos iniciais (1.ª a 5.ª série). “É o melhor índice de toda a série histórica”, disse. A etapa vem em ritmo de melhora e cresceu de 4,28 para 4,42 – a meta é de 7, também até 2030.

Segundo dados da Secretaria, 16,1% dos alunos do 5.º ano estão nos níveis abaixo do básico em Português (esse porcentual era de 18,1% em 2012). Em Matemática, o índice é de 26,1% no nível mais baixo (em 2012 era de 27,9%). A partir deste ano, a pasta divulgou dados de avaliação no 2º ano, em que 94,6% dos alunos estão entre os níveis básico e avançado em Português – o que representa, segundo o governo, que sabem ler e escrever.

Do ESTADÃO

Blog Interior Informa

MEU IMÓVEL É LEGAL – Paulo Leal quer implantação do programa do Governo do Estado em Garanhuns‏

IMOVEL

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
O vereador Paulo Leal (PSB), solicitou por meio de requerimento endereçado ao governador do Estado de Pernambuco, Eduardo Campos, que seja implantado o programa “Meu Imóvel é Legal”, no município de Garanhuns.

O programa Meu Imóvel Legal tem o objetivo de transferir a propriedade definitiva de terrenos hoje registrados em favor da Perpart e Companhia Estadual de Habitação (CEHAB), aqueles que comprovarem a posse e utilizarem o terreno para fins de moradia ou uso misto.

vereador Paulo Leal (PSB)
vereador Paulo Leal (PSB)

O parlamentar esclarece que estas ações estão alinhadas com as diretrizes da Lei nº 11.977/2009, Minha Casa Minha Vida, e a Lei Estadual nº 15.211/2013, que institui a política estadual de regularização fundiária para proteger os direitos à moradia e propriedade das comunidades de baixa renda beneficiados por políticas habitacionais em Pernambuco.

“Em nosso município há vários casos de loteamentos cujos proprietários não têm condições de receber a escritura do imóvel por falta de documentação. Lembrando que quem não possui registro do seu imóvel no Registro Geral de Imóveis do município (e não apenas a escritura) não detém a propriedade plena do imóvel. Em caso de desapropriação, por exemplo, não terá direito a indenização”. – ressaltou o vereador Paulo Leal.

Blog Interior Informa