Arquivo mensal: junho 2014

Convenção política de Armando, Paulo Rubem e João Paulo

Blog Interior Informa

Armando Candidato-Blog interior Informa

A convenção da coligação “Pernambuco Vai Mais Longe”, que homologou as candidaturas de Armando Monteiro (PTB) a governador, Paulo Rubem Santiago (PDT) a vice-governador e João Paulo (PT) ao Senado, marcou a largada da chapa majoritária para a campanha eleitoral. O ato reuniu, segundo a assessoria da Coligação, mais de 25 mil pessoas, vindo de caravanas de todas as regiões de Pernambuco. O Evento ocorreu no Palladium, em Caruaru.

Em seu discurso, Armando Monteiro destacou que, entre as prioridades de seu futuro governo, está o compromisso com a educação e com os investimentos em infraestrutura. Armando também defendeu um desenvolvimento social e econômico mais equilibrado em todas as regiões de Pernambuco, além do reforço nas áreas da saúde, segurança e estímulo aos micros e pequenos empresários.

“Essa aliança tem o compromisso com a interiorização do desenvolvimento, com a educação, de forma a promover uma revolução no Estado. E de construir o melhor ambiente para que os micros e pequenos empresários operem”, disse.

Ele também exaltou a importância de um governo que seja marcado pela participação popular, lembrando que já na fase de pré-campanha foram promovidas as plenárias do Pernambuco 14, projeto que realizou 14 reuniões em todas as regiões do Estado e mobilizou mais de 26 mil pessoas. A iniciativa coletou mais de 5 mil propostas para o futuro programa de governo.

Armando Convenção-Blog Interior informa

Armando Monteiro frisou que em Pernambuco vai montar um palanque para a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). O candidato a governador reforçou a ligação com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e falou sobre a representatividade da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, formada por PTB, PT, PDT, PSC, PRB e PTdoB.

“Se não temos a maior coligação em termos de número de siglas, seguramente que é a mais densa, coerente e que tem mais identidade politica. Vamos caminhar pela coerência. Essa chapa tem o apoio de Lula e Dilma. Lula e Dilma são nossos aliados e temos muita honra de tê-los como aliados. Pernambuco vai reeleger Dilma para continuar esse projeto que vem mudando para melhor a vida do Brasil e de Pernambuco”, argumentou Armando.

Candidato a vice-governador, Paulo Rubem destacou em seu discurso algumas áreas que merecerão atenção no futuro governo. “Precisamos olhar diferente para a agricultura familiar, o cooperativismo, o artesanato, a pesca. Precisamos de uma política pública que beneficie o homem do campo”, destacou, lembrando ainda que o povo de Pernambuco tem direito a uma educação de qualidade, um compromisso de Armando.

Já o candidato ao Senado João Paulo salientou a parceria entre os governos do Estado e federal. “Lula sabe da importância de eleger Armando. Pernambuco precisa dar passos à frente”, disse o ex-prefeito do Recife, ao lado de lideranças políticas de todo o Estado.

“O legado do PT começou com a vitória de Lula em 2002. Isso só foi possível porque o povo entendeu e escolheu o projeto político de Lula”, reforçou João Paulo. “E o ex-presidente me disse que sempre pôde contar com Armando quando precisou e que sua relação com os aliados sempre o dignificou”, finalizou.

A convenção da coligação Pernambuco Vai Mais Longe foi encerrada com grande entusiasmo da militância, que cantou os jingles de Armando, João Paulo e de Dilma Rousseff. O refrão do jingle de Armando destaca que “o que está bom vai continuar”.

Matéria Original do Blog de Carlos Eugênio

Blog Interior Informa.

Anúncios

RADICADA NA ESPANHA, MULHER PROCURA PARENTES EM SÃO JOÃO

Blog Interior Informa

Maria das Dores da Silva - Blog Interior Informa - procuro minha família em São João

PROCURO MINHA FAMÍLIA: SAO JOAO

Meu nome é Maria Das Dores Da Silva minha família me chamava Kinor morava em São João Pernambuco, eu sai de casa com doze anos, minha mãe era das Dores (morreu de 1975 a 1981) que me lembro, minha avó se chama EOFROSINA FLOR e meu vovô se chamava ELIODORO vigia de cana de açúcar Engenho Bulandi , eu também me lembro que eu buscava Pipiri, meu tio José Lopes, que era casado e tinha filhos, então meu outro tio SIU e seus dois filhos uma se chamava velho Lembro que le mataron eo outro Eu não me lembro, eu sei que tinha uma filha que eu não me lembro o nome dele.

Maria das Dores da Silva - Blog Interior Informa - procuro minha família em São João.jpg1

Eu me lembro que eu morava em Egenho LIMON quando minha mãe estava viva e fomos cinco irmãos, PASA, Luciano, Airton, nindo (vivia com seu pai) Cícera Egidia E EU (Kinor) e meu irmao Airton a umltima vez quer eu encontrei com ele foi en Recife Eu quando eu tinha 20 anos de idade al velor eu não o conhecia ha oito anos em Recife ele disse-me que meus avós haviam se separado e que iha trabalho en São Paulo, e eu me lembro da minha irmã Gilda tinha três filhos um deles Chama COCA, ELEALSA e uma filha e o outro gultem bergui.

A casa mais próxima da casa do meu avô era a senhora dolce. Me lembro do meu avô que iar Assembléia de Deus, onde o pastor se chamava FRANCISCO e tinha tres filhos ,e umas delas se chamava Creusa. Os outro nao lembro.e ha igreja ficava no sitio que estava perto do sitio do meu avo.

SE ALGUE SABE DE ALGUMA COISA QUE POSA MEAJUDAR PORFAVOR CONTATAR COM ESSI EMEI. OBRIGADO PELA SUA COLABORACAO FIQUI COM DEUS.

MARIABRASILSPAIN@HOTMAIL.COM

Maria das Dores da Silva - Blog Interior Informa - procuro minha família em São João.jpg2

Redação Interior: Texto retirado originalmente de rede social do perfil Maria das Dores (Kinor da Silva)

Blog Interior Informa.

O Novo Brasil: Conquistas, Influências e Desafios

Blog Interior Informa

Pela primeira vez na história da democracia brasileira temos um governo de centro-esquerda tão longo, construído a partir do centro político e conduzido pelo PT. Agora, o desafio do PT e do governo Dilma é, ao mesmo tempo, manter esse centro político e construir uma nova agenda social para a classe trabalhadora do país. A avaliação é do economista Marcio Pochmann, ex-presidente do IPEA e atual presidente da Fundação Perseu Abramo, que participou de um debate segunda-feira à noite, no Hotel Everest, promovido pelo mandato do deputado federal Pepe Vargas (PT).

Pochmann fez um balanço sobre o período de doze anos dos governos Lula e Dilma, falou sobre os desafios que estão colocados para a continuidade desse projeto nos próximos anos e analisou o cenário internacional no qual se dará essa disputa, em especial no que diz respeito às relações entre Brasil e Estados Unidos.

Para contextualizar a natureza desses desafios, Marcio Pochmann situou a posição do Brasil hoje no mundo. “O Brasil não é um país do centro dinâmico capitalista. Não temos uma moeda forte internacionalmente, não temos uma produção tecnológica de peso, a nossa participação em patentes é muito débil e também não temos forças armadas de grande peso”. Ou seja, apesar de o protagonismo internacional do país ter aumentado significativamente nos últimos anos, o Brasil segue sendo um país da periferia capitalista e é neste contexto que os desafios para o futuro devem ser pensados.

O economista atribuiu o sucesso do projeto atualmente no comando do país ao grande grau de mobilização e enraizamento social do PT e à fragmentação da classe dominante provocada pelas políticas neoliberais. Esse quadro, assinalou Pochmann, permitiu que o PT chegasse ao governo federal com uma maioria política muito fragmentada e tendo que lidar com uma série de contradições geradas pelo neoliberalismo. Isso aconteceu também em virtude de uma nova relação adotada com o centro político. “Nós aprendemos com movimentos políticos anteriores, como o de João Goulart, que tentaram fazer reformas no Brasil, mas foram interrompidos pelas classes dominantes. Essas tentativas nos tornaram mais cuidadosos quanto às fragilidades da democracia no Brasil. A estrutura do nosso Judiciário é praticamente a mesma do tempo da ditadura. O Legislativo hoje, em todas as suas esferas, dá golpes no poder Executivo, caso esse afronte os interesses dominantes”.

Esse aprendizado com derrotas anteriores e a decisão de incorporar o centro político tiveram como uma de suas contrapartidas, assinalou ainda Pochmann, a necessidade de fazer uma série de concessões. “Temos uma democracia com problemas, com uma representação extremamente desigual. Um exemplo disso é o peso dos proprietários de terra no Congresso. Apesar desses limites e problemas, o PT está há 12 anos no governo federal e procurou fazer uma polarização mais avançada, mas sempre preservando o centro”. Para Pochmann, as três principais conquistas desse período foram as seguintes:

1. Reposicionamento do Brasil no mundo. O Brasil é hoje uma referência internacional. O país inventou outra diplomacia que, entre outras coisas, perdoou a dívida de países mais pobres e estabeleceu acordos de cooperação técnica. Nós mudamos o padrão de nossas relações comerciais, fortalecendo o eixo Sul-Sul. Nossas Forças Armadas estão firmando parcerias, como ocorreu agora com a Suécia no caso da compra dos caças, que envolvem transferência de tecnologia. Em parceria com França e Argentina, estamos construindo submarinos nucleares. Na licitação do campo de Libra, firmamos relações com chineses e franceses. Tudo isso expressa uma mudança significativa na política de inserção internacional do Brasil.

2. Construção de uma nova estratificação social. O salário mínimo aumentou mais de 70% em termos reais. Houve uma expansão do trabalho com a criação de 22 milhões de novos empregos, 90% deles com a carteira assinada. A média salarial do país, embora ainda seja baixa, chegou a dois salários mínimos, o que significou uma expressiva mudança na inserção social e econômica de milhões de pessoas.

3. Reinvenção do mercado. Hoje temos de 10 a 12 políticas públicas voltadas para pequenos empreendimentos, cerca de 4 milhões de microempreendedores individuais, que têm acesso a políticas de compras públicas e de microcrédito.

O reposicionamento dos EUA no cenário mundial

Ao contextualiza o cenário internacional no qual se dará a disputa eleitoral este ano Brasil, Pochmann destacou como tema central o reposicionamento dos Estados Unidos. “Desde 2008, os Estados Unidos estão com um problema sério e olham para a China cada vez com mais atenção. Os EUA estão deixando o Iraque e o Afeganistão em segundo plano e se preparando para enquadrar a China e também os BRICs. Além disso, estão enfrentando a crise energética apostando no xisto e ganharam em competitividade com a redução do custo de sua mão-de-obra nacional. Hoje, os EUA querem se livrar do Iraque e do Afeganistão e se concentrar na China”.

Neste cenário, acrescentou Pochmann, a eleição de 2014 no Brasil é chave para os Estados Unidos. Não é pouca coisa que está em jogo no futuro político do país. “O ataque que a Petrobras vem sofrendo não é só eleitoral, mas tem também um elemento de disputa comercial dramático. O Brasil precisa ter grandes empresas, públicas e privadas, para assumir uma posição menos periférica em um mundo onde as grandes corporações econômicas são responsáveis por dois terços dos investimentos em novas tecnologias. Além isso, precisa também construir um grande bloco de investimentos, como tivemos com Getúlio e JK, com capacidade de coordenar o investimento privado no país”.

Tarefas para o futuro

O economista apontou, por fim, algumas tarefas que o PT e seus aliados têm no próximo período para garantir a continuidade e o avanço do atual projeto. Entre elas, destacou:

Construção de uma nova agenda para a classe trabalhadora: temos um grande crescimento de trabalhadores no setor de serviços, de trabalho imaterial. Cerca de 22 milhões de pessoas entraram no mercado de trabalho e que não foram para os sindicatos. Nós temos um outro tipo de trabalho hoje, com grande expansão do trabalho imaterial, onde as pessoas estão conectadas 24 horas por dia. Não sei se as instituições que temos hoje são portadoras de uma agenda para o futuro. Tivemos cerca de 40 milhões de pessoas que ascenderam socialmente. Esse é um segmento em disputa.

Revolução na Educação: por que o filho do pobre tem que entrar no mercado de trabalho antes de terminar a universidade? O país precisa desenvolver um sistema de educação contínua, uma educação para a vida toda. Todas as grandes empresas brasileiras têm hoje uma universidade corporativa. Elas têm a consciência de que é preciso aprender e capacitar durante toda a vida. As pessoas estão vivendo mais e trabalhando até mais tarde. Cerca de um terço dos aposentados e pensionistas estão trabalhando.

Jornada de Trabalho: é preciso uma CLT de novo tipo para os trabalhadores do setor imaterial (serviços). Cada vez mais as pessoas estão trabalhando muito em casa e estão trabalhando mais. Nada disso está regulamentado.

Marco Aurélio Weissheimer
Via: Blog do Evaldo

Blog Interior Informa.

Lei obriga escolas a exibirem filmes nacionais mensalmente

Blog Interior Informa

cinema nacional

As escolas de todo o país são obrigadas a exibir filmes de produção nacional, no mínimo, duas horas por mês. A medida foi publicada hoje (27) no Diário Oficial da União.

Assinada pela presidenta Dilma Rousseff e pelo ministro da Educação, José Henrique Paim a lei modifica o texto das diretrizes básicas da educação do país, para incluir a exibição dos filmes nacionais como componente curricular complementar integrado à proposta pedagógica das escolas.

A Lei 9.394, que estabele as diretrizes e bases da educação do país, já prevê, entre outros pontos que a música deverá ser conteúdo obrigatório, mas não exclusivo, do componente curricular, assim como o ensino da arte, especialmente em suas expressões regionais. A lei ainda estabelece como obrigatório, o estudo da história e cultura afro-brasileira e indígena.

Blog Interior Informa.

Depois de quatro anos de tramitação, PNE é sancionado

Blog Interior Informa

pne-aprovado-sancionado-vitoria-educacao-brasileira

A presidente Dilma Rousseff finalmente sancionou o Plano Nacional de Educação, sem vetar nenhum termo do texto. O decreto foi publicado no dia 26 de junho. O fato ocorre após a votação no Congresso de dois destaques polêmicos: a destinação do investimento equivalente a 10% do Produto Interno Bruto (PIB) essencialmente à Educação pública e a utilização de recursos da União para complementar o Custo Aluno-Qualidade (CAQ) e o Custo Aluno-Qualidade Inicial (CAQi).

Na última etapa de votação na Câmara dos Deputados, os parlamentares rejeitaram o destaque que defendia que esses recursos fossem aplicados apenas na Educação pública. Com isso, programas como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), todos do Ministério da Educação, entrarão nesse cálculo. O Plano prevê ampliar o investimento público até alcançar, no mínimo, 10% do PIB em dez anos.

Os parlamentares também rejeitaram o segundo destaque, que pretendia isentar o Governo Federal de complementar os recursos de estados e municípios gastos com Educação, utilizando como parâmetro o cálculo do Custo Aluno-Qualidade e o Custo Aluno-Qualidade Inicial. Esses indicadores apontam o quanto deveria ser investido por aluno em cada etapa e modalidade da Educação Básica.

Em nota oficial, a presidente Dilma Rousseff afirmou que, com a sanção do PNE, o Brasil finalmente tem um plano educacional à altura dos desafios educacionais enfrentados pelo país. “A destinação dos recursos dos royalties do petróleo e do Fundo Social do pré-sal para a educação abrem a perspectiva de tornar realidade as metas do PNE”, disse a presidente, referindo-se à lei que garante 75% dos recursos oriundos dos royalties do petróleo e 50% do Fundo Social do Pré-Sal para a educação, aprovada em junho de 2013 pela Câmara.

Fonte: Nove Escola
Blog Interior Informa.

PROJETO RESGATARÁ VALORES HISTÓRICO-CULTURAIS DO POVOADO VOLTA DO RIO

Blog Interior Informa

Mais-cultura-nas-escolas-blog interior informa

Escolas do município de São João foram contempladas com o Mais Cultura, programa do Governo Federal. O Programa consiste em aproximar iniciativas culturais das práticas escolares, firmadas entre o Ministério da Cultura (MINC) e da Educação (MEC), de modo especial, no Ensino Fundamental. O principal objetivo é potencializar processos de aprendizado, mobilizando experiências concretas, criativas, para provocar o envolvimento efetivo de estudantes, professores e da comunidade escolar.

Em São João, três dos sete projetos apresentados foram selecionados e beneficiarão escolas ativas no programa Mais Educação já no 2° semestre de 2014. As Escolas contempladas pelo programa foram:

Escola Municipal Antônio Veríssimo, localizada no povoado Volta do Rio, com o Tema Educação Patrimonial – Patrimônio Material e Imaterial, memória, identidade e vinculo social.

Escola Municipal Emídio Correia de Oliveira, localizada na Rua Antônio Vilela, SN, bairro Planalto, com o Tema Cultura Digital e Comunicação Social.

Escola João de Assis Moreno, Localizado na Avenida Joaquim Pereira dos Santos, SN, Centro, com o Tema Criação, circulação e difusão da produção artística;

“O programa mais cultura nas Escolas é o resultado da parceria entre o MEC e o MINC, o objetivo é promover o encontro de iniciativas culturais com as escolas do nosso município; para que todos tenham acesso à cultura e possam ampliar o repertório cultural principalmente os estudantes do ensino Básico que é o foco do programa”. Destaca a Coordenadora do Programa, a Sra. Maria da Graças Andrade.

Essas parcerias trabalharão de modos distintos em cada escola, observado o tipo de projeto e suas necessidades. Os Editores do Interior Informa estão envolvidos em parceria com a Escola Antônio Veríssimo, situada no povoado de Volta do Rio.

O projeto consistirá num estudo histórico-cultural sobre a localidade, resgatando a história e antigas expressões culturas remanescentes e preservar as existentes. O diferencial será o envolvimento direto dos alunos da escola, como também a comunidade local.

Blog Interior Informa.

No mercado negro de ingressos para a Copa, entrada para final pode sair por R$90 mil

Para as oitavas de final em Belo Horizonte, ingresso vale até R$53.068,00

O Superesportes denunciou, nessa terça-feira, a venda ilegal de ingressos para a Copa do Mundo na internet. Por meio de grupos no Facebook, usuários comercializavam por até R$3 mil entradas para o jogo entre Brasil e Chile, neste sábado, no Mineirão. Após ler a matéria, um leitor, que preferiu manter o anonimato, enviou link de sites que vendem os mesmos bilhetes por preços ainda mais inimagináveis.

copa do mundo 1

O Iguana Tickets, cujo domínio foi registrado em maio de 2013, vende entradas para o próximo jogo em Belo Horizonte a partir de R$5.550,02. O site informa que ainda existem 29 ingressos disponíveis, nas categorias 1, 2, 3 e 4 – a última apenas para residentes do Brasil. A venda parece similar a praticada pelo site oficial da Fifa, inclusive com frete. O Superesportes simulou a compra de um ingresso para o jogo entre Brasil e Chile na categoria 3, vendido a impressionantes R$53.068,00. A final no Maracanã pode valer até R$ 91.761,89 no site.

O torcedor que quiser se aventurar na compra, no entanto, deverá ficar atento. Em uma rápida busca na internet, a reputação do “Iguana Tickets” se mostra das piores possíveis. Só nesta quarta-feira, pelo menos 20 usuários reclamaram da falta de compromisso da empresa, por meio do site especializado “Reclame Aqui”.

“Fiz a compra de 8 ingressos para o jogo das oitavas de final em Belo Horizonte e o pagamento foi feito e confirmado pela empresa no dia 13/06 e a mesma dizia que o prazo de entrega dos ingressos era de 48 horas. Até agora não recebi nada. Hoje enviei e-mail e não tive nenhum retorno da Iguana”, reclamou um usuário de Santo André, no interior de São Paulo. Nenhum telefone da empresa foi encontrado, o que também é motivo de crítica por parte dos usuários. A reportagem tentou contato por e-mail, mas também não obteve sucesso.

Espaços se multiplicam

Além do Iguana, outros espaços na internet servem como “mercado negro” dos ingressos para a Copa. O norte-americano “Doctor Ticket” oferece bilhetes para o mesmo Brasil e Chile a partir de $1.745 dólares, o equivalente a R$3.856,63. Para a final do Mundial, no Maracanã, o site comercializa um ingresso por $11.950 dólares, cerca de R$26.410,69.

copa do mundo 2

Ingressos para o jogo entre Brasil e Chile, válido pelas oitavas da Copa, pode ser encontrado no “Doctor Ticket”

Matéria Original do superesportes
Blog Interior Informa

Câmara Municipal de Garanhuns convoca primeiros aprovados em Concurso Público‏

câmara vereadores garanhuns

O Presidente da Câmara Municipal de Garanhuns, vereador Audálio Ramos Machado Filho (PSDC), no uso de suas atribuições, convocou onze candidatos aprovados e classificados no Concurso Público para a Casa Legislativa, realizado no mês de abril pelo IAUPE – Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco. A convocação se deu através da Portaria nº 028/2014, de 18 de junho de 2014, cuja relação se encontra no site institucional da Câmara.

Foram convocados classificados para os cargos de Analista Legislativo, Técnico de Informática, Agente Legislativo, Técnico Legislativo, Agente Patrimonial Legislativo, Copeira, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Serviços Gerais, Telefonista e Recepcionista.

“Ficamos felizes em poder realizar este concurso, o primeiro da história do Poder Legislativo de Garanhuns. Esta convocação inicia uma nova etapa, mas todo o processo foi começou no planejamento no ano
passado. Esta legislatura, com sua mesa diretora e demais vereadores, respondem positivamente aos anseios da sociedade” – Afirma Audálio Ramos Filho.

Os convocados devem se apresentar no departamento de Recursos Humanos da Câmara, munidos da documentação prevista no Edital. O Concurso Público da Câmara de Garanhuns tem validade de dois anos.

“Com esta convocação, coroamos todo um processo interno administrativo, de nossa comissão especial, e a excelente participação do IAUPE, que ofereceu ao nosso certame a credibilidade esperada por todos.” – Finaliza o presidente do legislativo.

Para conferir a relação dos convocados, acesse: Garanhuns.com

Blog Interior Informa

SÃO JOÃO FEZ UM DOS MAIS TRADICIONAIS FESTEJOS JUNINOS DA REGIÃO

FESTEJOS JUNINOS

São João 2014-Blog Interior Informa

São João encerrou suas tradicionais festividades juninas nesta quarta-feira (25) e, com o peso carregado pelo nome, fez um verdadeiro São João com a cara do São João.

Em seus seis dias contínuos de festa, levou ao palco nomes como, Décio Luiz e Banda, Ferro na Boneca, Swing da Paixão, Forró Vumbora, Forró Pesado, Amazan, Baby Som, Garota Bronzeada e fechando as noites de shows, o cãozinho dos teclados, Frank Aguiar. O músico, conhecido nacionalmente, minutos antes de subir ao palco (24) nos fala sobre o show:
“Espero surpreender também as expectativas da turma, já pude perceber pelo carinho das pessoas que estão todos esperando ai, mas é a primeira vez em minha vida que eu toco em São João no dia de São João; a festa de São João na cidade de São João.”.

Concurso de Quadrilhas

Concurso de Quadrilhas

O cantor, o mais aguardado dentre os dias de festa, relata como surgiu o famoso apelido “cãozinho dos teclados’, que o acompanha desde o início de sua carreira: Cãozinho é o pseudônimo que eu tenho no surgimento dos teclados, cada um tinha um pseudônimo, um era um anjinho, um era um príncipe, outro um ratinho, gatinho… e eu fui o cãozinho. Talvez pelo uivo, o grito, consequência de quando errava as letras […] era só errar as letras que já estava gritando.”.

Quando indagado acerca das novas tendências musicais que invadem os palcos no período junino, ao lado do bom e velho forró, ele diz: “Eu acho que a gente tem que ter cuidado por que, São João é tradicional não se pode, sabe, é até perigoso, você perder essas tradições […] eu curto todos esses ambientes, essas tendências, mas tem hora certa da gente curti. Nesse momento eu acho que é mais o forró as músicas tradicionais mesmo… é isso aí! É manter nossas tradições.”.

São João 2014- Blog Interior Informa

Aos que não lembram, o cantor está no grupo de artistas que investiram na carreira política, chegando ao cargo de deputado pelo estado de São Paulo. Quanto a isso, ele faz um breve comparativo entre as duas profissões: “O músico ele é um político sem cargo […] e é muito parecido com a figura de um politico, ele lida com gente, publico, as pessoas, é um formador de opinião, é um servidor é um sabe… claro a política traz uma responsabilidade muito maior, um cobrança maior, uma obrigatoriedade maior, dos feitos, enfim.”.

Questionado sobre as duas carreiras, ele afirma: “Cantor é mais fácil. Ser político dá mais trabalho, mas é envolvente. Acho que pessoas do bem tem que vir representar, é prazeroso. Fazendo com idealismo com independência, para servir ao seu próximo e não se servir.”.

O ex-prefeito da cidade de Canhotinho, Álvaro Porto, esteve prestigiando os festejos da cidade, juntamente com o prefeito Genaldi e demais lideranças locais.

São João 2014 -Blog Interior Informa

Registro de logo após a entrevista. Momento antes de subir ao palco.

Registro de logo após a entrevista. Momento antes de subir ao palco.

Blog Interior Informa

#penserecife – uma proposta de ocupação do Cais José Estelita em Recife – PE

Projeto #penserecife

tumblr_n6zcp3NpwI1ten4iwo1_1280

O projeto #penserecife está sendo desenvolvido por um grupo de arquitetos recifenses insatisfeitos e inquietos com o destino que está sendo traçado para o Cais José Estelita, um terreno de 100 mil m² no centro da capital pernambucana que foi arrematado à União por um consórcio formado por quatro grandes construtoras, em leilão realizado em 2008. A decisão, evidentemente, não passou por consultas públicas, e a proposta das empresas consiste na construção de 12 torres residenciais e comerciais de cerca de quarenta pavimentos (!).

A seguir, leia a descrição dos autores sobre a proposta que visa, antes de tudo, servir como contraponto crítico, mostrando não uma solução, mas uma possibilidade dentre infindáveis abordagens e ações que poderiam ser postas em prática no Cais José Estelita.

Dos arquitetos: O principal conceito desse projeto é mostrar que há várias soluções possíveis que conjuguem os interesses financeiros e imobiliários sem prejuízo aos interesses urbanos. Não há uma polarização antagônica. Há, sim, um radicalismo, de origem egoísta e preguiçosa, das empresas de ramo imobiliário associado a uma exacerbada conivência, impotência e preguiça do setor público, resultando em um sistema fadado ao fortalecimento privado em detrimento da qualidade pública.O nosso projeto é a representação de que esse modelo, vigente por uma acomodação geral, está ultrapassado. Não há vilões, nem heróis. A iniciativa privada é necessária, mas o interesse público tem de prevalecer.

O nosso ponto de partida foi a resolução do lote como um equipamento metropolitano, que extrapole seus limites e atraia uma concentração de pessoas heterogêneas em diferentes períodos do dia. Além disso, partimos do princípio da utilização deste empreendimento para revitalização de áreas degradadas do Centro da cidade, como as Avenidas Sul e Dantas Barreto, assim como buscamos uma revitalização de estruturas existentes e abandonadas, preservando a história e trazendo novos usos, incorporando-as ao empreendimento.

2tumblr_n6ze86V4DN1ten4iwo1_1280

O primeiro elemento estruturador de nossa proposta foi a conexão da Avenida José Estelita com a Avenida Dantas Barreto, criando um novo equilíbrio na avenida do camelódromo e possibilitando sua conexão direta à zona sul. Como forma de revitalização de espaços degradados, ampliamos a Praça Sérgio Loreto, conectando-a com uma grande Praça Cívica, que divide nosso lote em duas porções, trazendo a percepção da frente do rio para o interior da ilha, facilitando a inteligibilidade espacial do Centro da cidade.

3tumblr_n6zehuvRH51ten4iwo1_1280

A partir dessa divisão proporcionada pela Praça Cívica, setorizamos o empreendimento com edifícios residenciais e corporativos na porção Sul, enquanto na Norte foi implantado o setor hoteleiro, mais próximo à praça Cívica, e o setor cultural, sendo este mais próximo ao Forte das Cinco Pontas e do Bairro do Recife.Ainda na porção Norte, buscamos criar uma conexão direta com a frente do rio, possibilitando que a população apreenda e se utilize do potencial paisagístico do local.

4tumblr_n6zd90RCVT1ten4iwo1_1280

No polo cultural, revitalizamos os 28 galpões, transformando-os em um equipamento de recreação, lazer e cultura. Para eles, projetamos um complexo com quadras e piscinas cobertas, salas de cinema e teatro, restaurantes e áreas de exposições, sempre buscando integrá-los com áreas externas ampliando sua área de atuação. Ainda sobre os galpões, como forma de manter a memória, para que nunca voltem a apresentar o estado de degradação atual, em alguns momentos mantivemos seus telhados desfalcados com árvores os transpassando, enquanto em outros momentos cobrimos com telhado de vidro.

5tumblr_n6zcrp7E2O1ten4iwo1_1280

Com a retirada do Viaduto das Cinco Pontas, conseguimos conectar os galpões com o Forte e a Praça Frei Caneca, amplificando a vocação cultural do lugar. Por último, criamos uma grande praça de lazer que abriga um espaço de encontro, inclusive com eventos e shows, atraindo um público além do seu entorno imediato para o local.

6tumblr_n6zcp3NpwI1ten4iwo1_1280 (1)

Quanto à porção Sul, buscamos uma implantação que garantisse um ótimo aproveitamento do potencial paisagístico do rio, mas que também dialogasse com a Avenida Sul, contribuindo com a sua tão necessária revitalização. Além disso, optamos por preservar os dois grandes galpões existentes, criando uma coberta, de caráter contemporâneo, conectando-os e ampliando suas áreas de atuação. Nestes galpões projetamos um complexo empresarial, com lojas e salas de portes variados para atender a diferentes públicos.

7tumblr_n6zcmgtvGY1ten4iwo1_1280

Para os edifícios residenciais e corporativos, optamos por implanta-los de modo elevado, livrando o passeio para os pedestres, que circulam em uma grande área de convivência, e possibilitando a presença de comércio no térreo, promovendo o uso misto. Suas volumetrias buscaram criar um jogo de luz, sombras e visadas, otimizando o conforto térmico e dotando o volume de forte identidade estética. Os edifícios pousam em pisos elevados, com até dois pavimentos, onde abrigamos lojas comerciais e vagas para veículos, além da criação de um teto jardim sobre a laje. As demais vagas necessárias estão localizadas em um pavimento semienterrado, permitindo a totalidade para vagas cobertas.

8tumblr_n6zea1lOwG1ten4iwo1_500h

9tumblr_n6ze6qWOcU1ten4iwo1_500h

O nosso objetivo com a apresentação deste estudo é estimular a reflexão sobre a cidade que queremos viver. É natural, e saudável, que você se identifique, ou não, com nossas soluções. Queremos o debate! Queremos que a população enxergue que há muitas outras respostas para a questão do Estelita. E que, por saber disso, cobre melhores proposições. Queremos aumentar o vocabulário de soluções urbanas do cidadão que não é urbanista, para que ele não se contente com propagandas enganosas. Este estudo não almeja ser a solução final, apenas quer ajudar na construção de uma consciência urbana que deve existir no cidadão comum e, principalmente, no poder público.

10tumblr_n6zcqklGKz1ten4iwo1_1280

Para saber mais sobre a mobilização da sociedade civil no Recife, leia esse texto publicado no blog da Raquel Rolnik.

Matéria original do site acrh daily, acesse e veja todas as fotos do projeto #penserecife.

Blog Interior Informa

Viagem: Na Ponta do Lápis

Blog de viagens com dicas de alimentação, hospedagem e roteiro

Interferência Urbana

O cinza e a cor

Criaturas de Ñanderu: Releituras

Espaço para partilha de resultados do trabalho em torno do livro Criaturas de Ñanderu, escrito pela autora indígena Graça Graúna e ilustrado por José Carlos Lollo

Falando em Literatura...

só boa literatura desde 2008

Brasil de Todo Mundo

Apresentando o Brasil para gente de todo o mundo

paisagem de interior

Um Novo Mundo Requer Novos Meios - Blog Interior Informa

Mundo da Robótica

Fazendo a ponte entre a teoria e a prática.

Educação Política

mídia, economia e cultura - por Glauco Cortez

Blog do EVALDO TEIXEIRA

Opinião, Política, Variedades, Religião...

INTERIOR INFORMA

Um novo mundo requer novos meios.

RUBEM

Revista da Crônica - Notícias, entrevistas, resenhas e textos feitos ao rés-do-chão.